Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula - RS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Imagem Topo
Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2022
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil e atualização de cadernetas começa na próxima segunda (8)
enviar para um amigo
receba notícias
A vacinação acontece na Sala de Vacinas do Posto Central, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

Na próxima segunda-feira (8), começa em São Francisco de Paula a Campanha Nacional de Vacinação contra a paralisia infantil (poliomielite) para crianças menores de 5 anos e a Campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente menores de 15 anos. A iniciativa, conduzida pelo Ministério da Saúde, vai até o dia 9 de setembro. A vacinação acontece na Sala de Vacinas do Posto Central, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

É indispensável a presença dos pais ou responsável legal. Também é necessário apresentar a Caderneta de Vacinação da Criança e Cartão Nacional do SUS e se possível CPF. As vacinas contra a covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou em qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação para a população a partir dos 3 anos de idade.

A poliomielite é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que pode provocar paralisias irreversíveis e fatais. A vacinação é a principal forma de prevenção. O Brasil não detecta casos de poliomielite desde 1989 e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de eliminação da doença. Em todo o mundo, as campanhas de imunização reduziram de centenas de milhares para apenas algumas dezenas o número de casos por ano. Recentemente, porém, a doença reapareceu em alguns países, levantando um alerta.

De acordo com o Ministério da Saúde, a nova campanha busca alcançar ao menos 95% das crianças de 1 a 4 anos de idade. A última vez que isso ocorreu no Brasil foi em 2015, quando as taxas de vacinação começaram a cair. O esquema de proteção contra a poliomielite prevê a aplicação de três doses aos 2, 4 e 6 meses de idade, mediante injeção intramuscular. Depois, a criança deve receber reforço com 15 meses e com 4 anos: essas novas doses são ministradas via oral e simbolizadas pelo Zé Gotinha, personagem criado pelo governo brasileiro na década de 1980 para tornar as campanhas de vacinação amigáveis para o público infantil.

Já a multivacinação prevê a atualização das cadernetas de crianças e adolescentes, conforme calendário previsto no Programa Nacional de Imunizações (PNI). Dessa forma, são disponibilizadas doses que protegem contra diversas doenças como tuberculose, hepatite, tétano, difteria, meningite, febre amarela, sarampo, rubéola, caxumba, catapora, gripe e covid-19, entre outras.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia