Ir para o conteúdo

Município de São Francisco de Paula e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Imagem Topo
Município de São Francisco de Paula
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social WhatsApp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
24
24 NOV 2022
Paralelo Festival registra o maior público de sua história
Foto Noticia Principal Grande
Foto: Josiele Silva/PMSFP
enviar para um amigo
receba notícias
Um público de mais de doze mil pessoas esteve presente no sábado e domingo nas margens do Lago São Bernardo, em uma edição história do Paralelo Festival. 
 
Excursões de várias cidades do estado, restaurantes e hotéis lotados, movimento fora do normal em toda cidade e seis shows de altíssimo nível, dos mais diferentes gêneros e estilos, como é padrão no Paralelo. 
 
A Figa foi responsável por abrir o palco no sábado. Uma das duas bandas selecionadas por votação na internet, o grupo mostrou um show de reggae, com muito estilo, músicos excelentes, letras de forte conteúdo social e politica e a voz marcante de seu vocalista Neto.  
 
O segundo show teve a vocalista e pianista Mari Kerber, que fez um belíssimo show ao lado de seu quarteto, com temas próprios e clássicos como “Stand by me” e “St Denis Strasbourg”. 
 
Encerrando a primeira noite, Alceu Valença e sua banda presentearam o público com um show com todos os grandes sucessos de sua carreira e clássicos de Luiz Gonzaga. O público foi ao delírio, cantando junto todas as músicas do espetáculo Anunciação. O artista fez um show impecável de uma hora e meia, superlotando a área do show e a praça de alimentação do festival. 
 
O segundo dia de shows teve inicio com outra banda selecionada para o festival através de votação na internet. A Ondular mostrou seu som pop, com elementos do indie rock, com destaque para o carisma de sua vocalista Anaí Corrêa. 
 
Os shows seguiram com a cantora Rita Zart e sua banda. Rita agradou muito o público, mostrando as músicas de seu EP “O que range”, além de uma belíssima homenagem a Gal Costa, interpretando a música “Não identificado”, com o coro da plateia do festival. 
 
Finalizando este Paralelo, o menestrel Oswaldo Montenegro, ao lado de seu grupo, onde se destacava a presença da flautista Madalena Salles, cantou todos os grandes sucessos de sua carreira, também contando com o afinado coro da plateia. Clássicos como “A Lista”, “Bandolins”, “Léo e Bia”, “Estrelas” e “Lua e flor”, entre outras, estiveram no set list, finalizando em alto astral esta edição. 
 
 
Sobre o Paralelo Festival
Realizado sempre com entrada franca, e no mesmo local, o evento surgiu em 2019 tendo a diversidade como marca registrada por reunir pessoas das mais diferentes idades, gostos, gêneros e opiniões, assim como atrações musicais que abrangem diversos ritmos e estilos. Em sua primeira edição, o festival contou com Erasmo Carlos, Demônios da Garoa, o bluesman norte-americano Vino Louden, além das atrações gaúchas Barba & Blues, Musa Híbrida, Marmota, Yangos e Camila Toledo. Em 2020, o evento também abriu espaço para bandas da América Latina, recebendo o quarteto uruguaio Milongas Extremas e a banda argentina Fiero. No line-up também estavam o norte-americano Dex Romweber, o cantor e compositor Toquinho, além das bandas instrumentais gaúchas Luciano Leães & The Big Chiefs, Trabalhos Espaciais Manuais e MOIO, assim como o grupo 50 Tons de Pretas, que foi eleito em votação popular para abrir o festival. No terceiro ano, as presenças de nomes como João Bosco, Luiz Carlos Borges & João de Almeida Neto, a cantora americana Nora Jean Bruso, entre outras atrações nacionais e locais. 
 
 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia