Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula - RS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Imagem Topo
Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Turismo
Passo do Inferno
Pontos Turísticos
Antes de 1910 o local já era conhecido como o "Passador do Inferno", pela dificuldade em atravessar o rio, em função das cheias nos meses de Setembro a Novembro. Era o único acesso possível para a travessia a cavalo nas proximidades de Canela (ainda não município), pois o curso deste rio é praticamente quase todo dentro de um vale profundo, com desníveis de até 400 metros!
Sobre o local

Em meados de 1932 iniciou-se a construção da Ponte de Ferro, que levou cerca de três anos para sua conclusão. Nesta época foi instalado uma balsa, conduzida por Antony de Oliveira Machado, para auxiliar no transporte dos materiais da ponte.

Os 2 pilares de sustentação da ponte são de pedras assentadas, e a estrutura metálica é alemã e fabricada pela empresa Mannesmann. A ponte foi somente montada aqui no Brasil.

Com vão de 74 metros a capacidade de carga é para até 50 toneladas aproximadamente.

Na última inspeção pela engenharia do DAER(órgão das rodovias estaduais do RS), em 2009, avaliou que o metal pode durar até uns 150 anos, isso se não pintar! O metal da fabricação é um aço de ótima qualidade, e similar ao dos antigos tanques de guerra alemães, fabricados pela siderurgica Krupp. Nos anos 80 houve a fusão das duas industrias, Krupp e Mannesmann.

Sua cor atual é um vermelho encarnado, que na verdade é o fundo, pois a pintura original era cinza chumbo.

O propósito da construção da ponte foi em função da grande extração da araucária (madeira nobre de nossa região).

Local: RS-476, São Francisco de Paula
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia