Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
27
27 MAR 2020
AGRICULTURA
São Francisco de Paula decreta estado de emergência em área rural por conta de seca

Decreto deve possibilitar que ajuda chegue a famílias e produtores que sofrem com a falta de água no interior, além de flexibilizar legislação ambiental 

O Prefeito Marcos Aguzzolli decretou nesta sexta (27) estado de emergência em toda a área rural de São Francisco de Paula, em decorrência da forte estiagem e seca que atinge a população rural. O Decreto 1923/2020 prevê a atuação da Defesa Civil no caso e autoriza a construção de estrutura física para captação de água em nascentes, arroios, rios e banhados, visando a proteção e o atendimento das necessidades básicas das famílias rurais. 

O Secretário de Agricultura Rafael Marques destaca que o Decreto de estado de emergência acaba sendo uma medida legal de ajuda, principalmente, ao produtor rural. “Esperamos que este decreto possibilite o acesso à água para as pessoas que moram na zona rural. Quem tem sua fonte principal fonte de renda nos animais e na plantação está sofrendo muito com a escassez de água. Este também é instrumento legal que possibilitará que os pagamentos para instituições financeiras e revendas de insumos sejam flexibilizados, dando um fôlego extra para esse produtor”, explica. 

Os produtores rurais do Município sofrem com a estiagem desde dezembro de 2019. A produção de batata, de milho, soja, pastagem, olerícolas e outras culturas estão sofrendo com o impacto da falta de água. É importante destacar que mais da metade da receita municipal advém da produção primária, além de ser a principal fonte de renda de quase todas as famílias que moram na zona rural. A EMATER realiza um trabalho de acompanhamento com esses produtores e a partir de um estudo realizado em parceria com a Secretaria de Agricultura sobre o impacto da seca, emitiu o laudo que baseia o decreto municipal. 

A Prefeitura trabalha para sanar a falta de água nas comunidades rurais desde 2017. Além de um novo contrato com a Corsan, em que a empresa é obrigada a disponibilizar água em três dos principais distritos do Município (Juá, Eletra e Cazuza Ferreira), dois poços artesianos foram perfurados e outros dois regularizados. O projeto agora deve receber expansão.

 

 

Seta
Versão do Sistema: 2.10.4 - 01/04/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia